Por que comemos mais no inverno?

Se tem uma coisa que é fato no inverno, é que o apetite e a preguiça para enfrentar os dias frios aumentam na mesma proporção.

Basta a temperatura cair para começar um banquete interminável e apetitoso de pratos calóricos. É quase impossível resistir a um desfile maravilhoso de fondue ou a uma simples caneca de chocolate quente com um fio de leite condensado.

O nosso organismo se esforça mais para manter a temperatura corporal e, obviamente, o gasto energético nessa época do ano é maior.

mulher bonita, gorro, touca, linda, frio

A verdade é que os brasileiros não gostam do inverno, uma vez que as temperaturas brasileiras são consideradas amenas em relação ao frio do Leste europeu. Com tal insatisfação em relação às baixas temperaturas a produção de serotonina, um neurotransmissor que promove a sensação de bem-estar, diminui. Para suprir esta sensação de tristeza e desânimo, as pessoas, principalmente as mulheres, acabam descontando na comida e exageram  e as consequências  já são bastante conhecidas.

É preciso estar atento aos males que excessos à mesa também podem trazer, como hipertensão e obesidade, além de contribuir para o aumento dos níveis de colesterol e triglicéride, que elevam os riscos de problemas cardiovasculares.

gula, bolo, fome, mulher com fome, mulher comendo

O ideal é redobrar os cuidados com a alimentação na estação mais fria do ano para evitar que a gula lhe traga alguns “quilinhos” a mais.

Uma dica muito válida é ficar atento ao alimento consumido, investindo naqueles que demoram maior tempo para serem metabolizados e liberados pelo estômago. Os carboidratos, como massas e pães, por exemplo, dão uma sensação de peso passageira e rápida. Já a digestão das proteínas (carnes, principalmente) dá mais trabalho e sua liberação para o intestino é mais lenta.

OUTROS TRUQUES PARA DRIBLAR A COMILANÇA

Confira algumas dicas para controlar o apetite ou deixar as guloseimas menos calóricas:

SOPAS: prefira aquelas feitas com legumes batidos, em vez de creme de leite. Para dar uma engrossada, adicione farelo de trigo, pois, além de dar mais sabor, proporciona uma sensação de saciedade, regula a função intestinal e controla os níveis de colesterol;

CHÁS: além de deliciosos são ótimas alternativas para esquentar o corpo;

CARNES DE PORCO: Evite! Procure substituí-las por carnes mais magras (como peixes ou frango sem pele), preparadas na panela de pressão ou grelhadas;

CHOCOLATE QUENTE: utilize leite desnatado e achocolatado diet;

QUEIJOS: não exagere na quantidade e dê preferência aos brancos e light.

FONDUE: prepare-a com leite desnatado e queijos magros e substitua o pão ou o biscuit por legumes.

FRUTAS: abuse das frutas típicas desta temporada: morangos, tangerina, caqui e manga.

Fondue de chocolate, Fondue de frutas, fondue de legumes, chocolate, fondue, legumes, frutas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*