Como saber se caiu na malha fina da Receita Federal

Consultar andamento, declaração de IR, consulta, malha fina, caiu, receita federal

Já é possível consultar pela internet o andamento de sua Declaração de Imposto de Renda 2013. Todos os contribuintes que entregaram a Declaração de IR Pessoa Física de 2013 podem realizar a consulta no site do e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte).

Você consegue saber, por exemplo, se a sua declaração tem pendências e pode vir a cair na malha fina. É possível resolver os problemas antes que isso aconteça, enviando uma declaração retificadora. Se a declaração for rapidamente corrigida, mais cedo restituição será liberada. 

Ainda é possível consultar se há algum imposto a pagar. Pode também pedir, alterar ou cancelar o pagamento das quotas por débito automático; ou identificar e parcelar eventuais débitos em atraso, dentre outros serviços.

Andamento da declaração

O site da Receita classifica a situação da declaração entre os seguintes status:

Em processamento: declaração recebida, encontra-se na base de dados da Receita Federal, mas o processamento não foi concluído. Se houver alguma pendência, será informada;

Processada: a declaração foi recebida e o processamento encerrado com sucesso;

Em análise: declaração entregue foi processada e segue em análise por dois motivos: a Receita Federal aguarda recebimento de documentos solicitados via intimação ou a análise de documentos entregues pelo contribuinte ainda não foi concluído;

Retificada: a declaração original foi substituída por uma declaração retificadora;

Cancelada: declaração foi cancelada por interesse da administração tributária ou pelo próprio contribuinte. Dessa forma, ela deixa de ter seus efeitos legais;

Tratamento manual: o formulário está em análise pela Receita e o contribuinte deve aguardar contato.

Como acessar os serviços da Receita pela internet

Para acompanhar o andamento da declaração basta acessar o Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) e informar seu CPF, código de acesso e senha.

Para gerar o código de acesso é preciso ter em mãos o número do CPF e os recibos de entrega da declaração dos dois últimos anos.

Com essas informações, é possível acessar o sistema e consultar o extrato detalhado.

Veja a seguir os principais serviços que podem ser consultados no site:

  • Dia e hora de entrega da declaração;
  • Modelo escolhido (completo ou simplificado);
  • Valor do imposto a restituir;
  • Valor das quotas a pagar e o status dos pagamentos;
  • Inclusão, alteração ou cancelamento de débito automático das quotas;
  • Identificação ou parcelamento de eventuais débitos em atraso;
  • Identificação de possíveis pendências que deixaram a declaração em malha fina e saber como resolvê-las, normalmente por meio de retificação da declaração ou de comparecimento à Receita Federal para apresentação de documentação comprobatória.

 

Fonte: Receita Federal e Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*