Sinusite Aguda e Crônica – Entenda os Sintomas, Causas e Tratamentos

Sinusite, Aguda, Crônica, entenda, Sintomas, Causas, Tratamentos, medico, especialista

A sinusite, de uma forma geral, pode ser caracterizada como uma inflamação de mucosas no rosto, na região onde o crânio é formado pelas cavidades ósseas localizadas perto do nariz, dos olhos e do rosto.

Os seios do rosto, onde a inflamação se manifesta, são os responsáveis pela ressonância de nossa voz, aquecendo todo o ar que é inspirado. Esse processo diminui o peso de nosso crânio, fazendo, então, com que sustentá-lo seja mais fácil.

O revestimento dos seios da face ocorre por meio de uma mucosa muito similar à mucosa do nariz, já que ela é rica em glândulas que produzem muco e são cobertas por cílios. Os cílios, por sua vez, tentarão conduzir toda a secreção mucosa para a parte de trás do nariz, com o intuito de eliminá-la.

Esse fluxo de secreção, por sua vez, é totalmente imperceptível e, também, permanente. Assim, alguns dos fatores que facilitam o aparecimento da sinusite são: alterações de caráter anatômicas que trabalham impedindo a drenagem dessas secreções, e outros processos tanto alérgicos quanto infecciosos.

Sintomas

Os sintomas são diferenciados conforme o tipo de sinusite.

Sinusite Aguda: os sintomas mais comuns são fortes dores de cabeça em algumas regiões do seio da face em específico: seio frontal, etmoidal, maxilar e esfenoidal.

A dor nesse caso pode ser pulsátil, com pontadas e bem forte, como se apresentasse uma sensação de peso ou pressão na cabeça do paciente. Além disso, dores do corpo, febres, cansaços frequentes, coriza, tosse e falta de apetite também são alguns dos sintomas desse tipo de sinusite.

Já a Sinusite Crônica possui em geral os mesmos sintomas, porém, em intensidades muito mais fortes. Além disso, tanto a febre, quanto a dor concentrada nos seios da face podem não ocorrer. A tosse nesse caso é o fator dominante do indivíduo diagnosticado com sinusite crônica. Geralmente, ela ataca mais no período da noite, e irrita bastante as vias aéreas.

Outros sinais e sintomas podem incluir:

  • Dor de ouvido
  • Dores no maxilar superior e dentes
  • Tosse, que pode ser pior durante a noite
  • Garganta inflamada
  • Mau hálito (halitose)
  • Fadiga ou irritabilidade
  • Náusea

Os sinais e sintomas de sinusite crônica são semelhantes à sinusite aguda, exceto que eles duram mais tempo e muitas vezes causam mais fadiga. Febre não é um sinal comum de sinusite.

Tratamento da Sinusite

Para finalidades de caráter terapêuticas, a lavagem do nariz, inalações, antibióticos ou antialérgicos estão entre as principais formas de tratamento.

Conheça tratamentos e ações caseiras:

Solução salina

Faça uma mistura de água e sal, uma colher de chá de sal para cada litro de água. Use um aplicador (conta gotas).

Medicamentos com função Corticoides nasais

Sprays nasais ajudam a prevenir e tratar a inflamação. Esses medicamentos geralmente não têm efeitos colaterais .

Não FUME e evite quem fuma

A fumaça do cigarro e o fumo passivo dificulta a limpeza e favorece a concentração de secreções, o que pode levar à sinusite.

Beba água

A ingestão de água facilita as secreções do corpo e, por isso, é uma medida essencial para quem deseja combater a sinusite.

Faça lavagem nasal

A lavagem nasal é obrigatória para quem sofre de sinusite.

Elimine agentes alérgenos do ambiente

Proteja-se do frio

Desligue o ar condicionado

Para aliviar os sintomas, descongestionantes e analgésicos nasais também estão na lista. Mas, em casos mais graves, até mesmo a cirurgia pode ser adequada.

O uso de soro fisiológico é indicado para a lavagem e higienização do nariz e ajuda muito, para os demais casos recomendamos que o tratamento seja acompanhado por  um médico especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*