Comprei pela internet e o produto não chegou: o que fazer

compra, online, on-line, loja, virtual, produto, não chega, direito, procon, justiça, o que fazer, recorrer, ajuda, reclame aqui, sites, mercadoria, não, entrega

Se você está tendo problemas com alguma loja virtual que não envia o produto que você comprou, veja quais são os seus direitos e como você deve agir.

Nos casos em que o consumidor compra um produto na internet e o mesmo não é enviado dentro do prazo estabelecido, ou chega de forma diferente do que o foi comprado, ou mesmo, não chega, existem algumas medidas que devem ser tomadas a fim de que esse consumidor não seja lesionado pelos golpes cada vez mais comuns na rede devido ao aumento nas compras pela internet.

Você sabe o que fazer nesses casos para não sair perdendo? Neste artigo oferecemos todas as dicas essenciais para que você não saia prejudicado devido ao mau atendimento ou enganação das empresas na web. Veja abaixo as cinco atitudes que podem ser tomadas quando o seu produto não chega conforme o combinado com a loja. Acompanhe:

1. Entre em contato com o SAC da empresa

O Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da empresa deve ser o primeiro contato a ser realizado pelo consumidor. Explique a situação para o atendente e exija o seu dinheiro de volta, estorno da compra ou entrega do produto. No entanto, quando o SAC não resolve o problema, é necessário se dirigir ao Procon (Proteção e Defesa do Consumidor).

2. Recorra ao “Reclame Aqui”

Além de ter a opção de recorrer ao Procon, uma boa atitude a ser tomada nesses casos é procurar pelos sites que agrupam as reclamações de compras realizadas na internet. O Reclame Aqui é um desses sites, sendo que a plataforma faz o serviço de encaminhar as reclamações até as lojas.

3. Recorrendo ao Procon

É possível discorrer sobre o problema referente a sua compra sem precisar sair de casa, através do site do Procon. Vá até o portal da instituição e preencha a ficha com todas as informações sobre o transtorno ocorrido em relação a não entrega dos seus produtos. O Procon é o principal responsável por resolver a situação.

4. Junte todos os documentos e informações

É imprescindível dispor de notas fiscais, e-mail, print screen e documentos on-line que sejam capazes de comprovar a compra e a não entrega do produto.

5. Em último caso, recorra à Justiça

Caso você tenha tomado todas as outras medidas e o caso não foi solucionado, recorra à Justiça, pois o problema é encarado como “Dano Moral”. Nessa situação, você terá de contar com um advogado e poderá receber indenização de até 40 salários-mínimos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*