Veja como tratar resfriados em seus animais domésticos

Cuidados com animais domesticos

Uma forma fácil para deixar o seu pet sempre bem

Os nossos bichinhos de estimação são muito preciosos, não é mesmo? Não queremos que nada de mal aconteça a eles. Por isso,

devemos tratá-los com muito carinho e dedicação. Um dos principais cuidados é prevenir contra algumas doenças características nos gatos e cachorros. A mais comum é o resfriado. A maior incidência é durante os dias mais frios do ano, no outono e no inverno ou quando acontece uma virada inesperada no tempo.

Da mesma forma que nós, humanos, os animais também ficam enfermos. No entanto, a diferença é que eles não passam a doença para nós e nem nós para eles. A transmissão do resfriado é feita entre os próprios animais. Ou seja, gato passa para gato e cachorro para cachorro. Logo, é interessante evitar o contato direto com outros animais doentes ou permanecer em locais de alto risco, como as feiras de exposições com muitos filhotes.

Nos gatos, essa doença é chamada de complexo respiratório felino, uma vez que é causada por vários agentes. O principal é o vírus Herpes vírus, que pode ser encontrado em lugares com bastante aglomeração de gatos, como os albergues felinos ou em centros de doação. Mas também têm o Calicivírus e Clamídia, dois outros vírus causadores do resfriado.

Já a gripe canina é transmitida através do ar ou pelo contato com outros animais infectados. A temperatura baixa e o ar seco também contribuem para a transmissão. Os vilões dessa doença são o vírus da Parainfluenza canina, também chamada de tosse dos canis e uma bactéria denominada Bordetella Bronchiséptica.

Assim como para as pessoas, há a vacina contra a gripe em animais. Para eles, essa é a forma mais segura de prevenção. Vale lembrar que é importante manter a carteirinha de vacinação em dia, mantendo o controle de todas as aplicações que o os pets devem receber. Por isso, independente de qual seja o seu bichinho, é indispensável vaciná-lo.

Para a prevenção fazer efeito, os pets devem ser vacinados anualmente. Porém, se eles já estiverem com o sintoma da gripe, esse processo não deve ser realizado. O tratamento, para esses casos, é feito com antibióticos e inalação. Em caso de pneumonia, o indicado é a fisioterapia respiratória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*