Governo entrega 123 espingardas ao Vale do Paraíba e Litoral Norte

Foram investidos R$ 147,6 mil na aquisição das novas espingardas que irão reforçar o trabalho da Polícia Civil da região.

O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, entregaram neste sábado (18) 123 espingardas para a Polícia Civil da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte. O Governo do Estado investiu R$ 147,6 mil nas armas de fogo. As aquisições foram feitas com recursos do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (FISP).

O secretário Alexandre de Moraes antecipou dois índices de criminalidade de junho, da área do Deinter 1 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior 1), que preocupavam a região.

Divulgação

Divulgação

A redução de 35,29% nos homicídios (34 casos em junho 2014 e 22 no mesmo mês de 2015), possibilitando que no segundo trimestre desse ano houvesse uma queda de 15% em relação ao mesmo período do ano passado (103 casos em 2014 e 88 em 2015). E a redução de 55,56% nos roubos a carga nesse mês de junho (18 em 2014 e 8 em 2015).

Segundo o secretário, as polícias Civil e Militar reconhecem esse investimento, já que o trabalho que vem sendo feito está sendo demonstrado na diminuição dos índices de criminalidade.

As 123 espingardas CBC de calibre 12, que irão reforçar o armamento das delegacias da região, fazem parte de uma compra maior de 7.992 armas, que foram adquiridas a investimento de R$ 14,1 milhões.

As espingardas serão distribuídas a todas as delegacias seccionais da região – Taubaté (27 armas), São José dos Campos (23), Guaratinguetá (22), São Sebastião (21), Cruzeiro (16) e Jacareí (14 espingardas).

“Tivemos a oportunidade esse ano de estar aqui no Vale do Paraíba, em Taubaté, e depois em São José para entregar viaturas à Polícia Civil e um helicóptero para a Polícia Militar. E hoje estamos entregando 123 escopetas, um armamento pesado para garantir a segurança”, ressaltou o secretário.

No total, foram compradas 5.992 pistolas de calibre .40, com preço de R$ 11,7 milhões, e 2 mil espingardas de calibre 12, no valor de R$ 2,4 milhões. As armas serão distribuídas a unidades da Polícia Civil de todo o Estado.

As compras foram feitas por meio de licitações. A empresa vencedora que forneceu as pistolas é a Forjas Taurus S/A e a ganhadora para a venda das espingardas é a CBC – Companhia Brasileira de Cartuchos.

O secretário disse, ainda, que o governador já autorizou novos investimentos. “Mais importante ainda que as entregas de armamentos e de viaturas é que o aparelhamento cada vez melhor da Polícia Civil e da Polícia Militar vai continuar ao longo desse ano”, disse. “Estamos em fase de licitação para a compra de fuzis 5.56, uma arma de longo alcance, e mais 928 carabinas”.

Desde 2011, a Polícia Civil recebeu 8.120 pistolas .40, que custaram R$ 12,5 milhões, 60 pistolas 380, que tiveram investimento de R$ 76,3 mil, e 150 fuzis 5.56, no valor total de R$ 723 mil.

“Esse investimento mostra que a segurança pública é prioridade absoluta do governador Geraldo Alckmin. A polícia vem trabalhando cada vez mais motivada porque percebe que o governador apoia a segurança pública, investe na segurança pública”.

Reforço de efetivo

Além da aquisição de armas, o Governo do Estado também tem investido na compra de viaturas para a Polícia Civil. Neste ano, foram entregues 708 veículos para todas as regiões do Estado – Capital, Grande São Paulo e Interior. O valor da compra foi de R$ 48,5 milhões.

A região do Vale do Paraíba e Litoral Norte foi contemplada com 38 novas viaturas, a um custo total de R$ 2,8 milhões.

Além dos recursos materiais, o Governo também tem reforçado o efetivo da Polícia Civil. Estão em andamento concursos para o preenchimento de 2.301 vagas – 129 delegados, 788 escrivães e 1.384 investigadores.

Também já estão em formação na Academia de Polícia Civil (Acadepol) 295 futuros policiais. Os 188 agentes e 107 escrivães foram empossados em junho. Após as formaturas, será definida a distribuição para as regiões do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*